Nicia Zucolo, Paulo Vieira, Univesidade Federal do Amazonas & Universidade Federal do Oeste do Pará

O espaço da dor e a sonoridade do discurso: sobre Amazônia, Bembelemedo, Miraltamira, de Paulo Vieira

Considerações sobre questões socioambientais nos versos do poeta Paulo Vieira Amazônia, Bembelemedo, Miraltamira Amazônia – verão, inverno – sempre o mesmo inferno outono, não tem primavera,...